terça-feira, 29 de março de 2011

Strip-Tease - Deixe ele sem ar!!!


Alguns homens já pediram para uma mulher dançar e se despir sensualmente para eles, mas as reações delas são, na maioria das vezes, previsíveis: sorriem e dizem que um dia, quem sabe, vão fazer. Com raras exceções, esse dia nunca chega. Outras dizem que não sabem e algumas têm vergonha. Mulheres! A libido do homem é visual! O Strip com certeza mexerá muito com qualquer homem, e o resultado será garantido – ele ficará completamente excitado!
Seja a principal atração de um show! Observada por ele de uma maneira especial, brilho no olhar, queixo caído, imaginou? Isso mesmo deixe-o de boca aberta! Dê esse presente para seu homem.
A atitude neste momento é fundamental, por isso não adianta estar com o corpo em forma e a aparência impecável, pois a garantia de um bom Strip-tease vem muito mais do que você faz e diz durante a apresentação. Basta ser atrevida. Se você se prontificou a dançar e provocar na hora do sexo, esqueça os pudores e a timidez. Você verá como seu parceiro ficará muito mais excitado com o seu desempenho.
Para dar um empurrãozinho para que esse momento aconteça e ajudar a deixar de lado a vergonha e o "não sei fazer", aqui vão alguns passos a serem seguidos para quem nunca provou de um delicioso Strip
  • A preparação já começa com o cenário,  então capriche no backstage. É preciso que tenha um ponto de apoio para facilitar algumas posições – o famoso ‘pole dance’ pode ser substituído por uma cadeira. O ambiente não deve ser muito rebuscado, porque a atenção do parceiro deve estar centrada no momento. Meia-luz ou luz de vela irá criar uma atmosfera envolvente. Defina um lugar confortável e que possibilite uma visão perfeita da cena para o espectador – talvez um motel seja a escolha ideal para vocês se divertirem, uma vez que lá não existem preocupações!
  • A trilha sonora é uma ferramenta importante para que o strip seja perfeito. Escolha uma música sensual e que mexa muito com vocês. Um ensaio com o espelho pode ser bom para ensinar seu corpo "memorizar" a música – o que ajudará muito na hora de preparar sua coreografia. Mas lembre-se que treinos obsessivos poderão tirar a espontaneidade e a cena poderá ficar mecânica. Faz parte da lição, relaxar e deixar rolar!
  • Na hora de escolher o figurino para o Strip, procure algo que combine com seu jeito de ser ou mesmo que faça parte da sua fantasia sexual. Prefira peças que sejam fácil de tirar, como por exemplo, um vestido que deixe as pernas à mostra. Acompanhado de um bom decote então, nem se fala! Você pode trocar o vestido por uma blusa justinha e uma saia e não se esqueça dos sapatos (opte por um salto alto, eles não resistem!). Não dispense uma boa maquiagem, que deve valorizar os olhos e a boca, e coloque um perfume bem gostoso. Para os cabelos? Se compridos, podem estar soltos e bem escovados ou presos em um coque displicente, com uma presilha ou bico-de-pato, para soltá-los durante a música. Haja sensualidade! Vale tudo para se sentir única e poderosa.

Feito tudo isso, é hora da ação!  Entre com olhar altivo, triunfante, direto nos olhos dele. Balance suavemente os quadris, rebole, insinue a parte do corpo que ele mais gosta. Depois, vire-se de costas e rebole, dançando e descendo até o chão. Comece a tirar a roupa – bem devagar, de costas, olhando para ele sobre os ombros. Ao virar-se de frente, esconda ainda o corpo com as mãos, fazendo mistério. Continue dançando, passando a mão pelo seu corpo e rebolando. Coloque o dedo indicador na boca e chupe-o. Vire de costas e solte o fecho do seu sutiã, fazendo certo suspense – eles adoram. Depois, jogue-o para seu par. Na hora de tirar a calcinha, vá até a cadeira e dance em volta dela. Depois, sente-se ao contrário, jogando o corpo para trás e deixando as pernas abertas. Passe a sua mão lentamente na virilha e na vagina. Com um gesto, convide o homem a vir tirar a calcinha para você. A partir daí, o resto é com vocês. Aproveitem a festa!
Talvez um dos motivos da grande parte das mulheres nunca terem feito um Strip-tease, seja em razão da insegurança que sentem em relação ao próprio corpo. Mas veja que você não precisa ser linda e ter um corpo perfeito para deixar o seu homem babando. Pense que a sensualidade é algo muito mais forte e que independe de suas formas físicas, o que vale é a atitude. Sem contar que ao fazer um Strip, você, além de prazer e diversão, vai se sentir muito mais sexy, atraente e ficará com sua feminilidade muito mais aflorada.
Cada performance será marcante e inesquecível; você e seu companheiro jamais vão esquecer esses momentos e o ato sexual nunca será monótono e igual. Sua auto-estima ficará sempre elevada e você aprenderá a gostar mais de você e de seu corpo. Sem contar que você levará seu parceiro à loucura! Assim ele, enlouquecido, irá desejar por mais momentos como estes, ao seu lado.
Lembrete: o poder de um Strip vai muito além das quatro paredes. É de se esperar... Não há homem que resista! Rebole menina!

quinta-feira, 17 de março de 2011

ORGASMO....... eitaaaaaaaaa RRS!
Orgasmo: Clímax, êxtase, gozo, prazer. É quando, na transa ou na masturbação, você "chega lá". É “aquela” sensação que não se define... uma sensação de que você está flutuando, sendo levada às nuvens!Sem exageros o orgasmo é de fato um dos melhores e MAIORES prazeres da vida.
È fácil reconhecer um orgasmo, são sensações gostosas, é o UP do prazer, é o que chamos de clímax. Quem sentiu sabe que já teve um e quem  tem dúvidas, ah! Pode ter certeza que nunca teve. A força dele muda com a pessoa e o momento.
Ele se manifesta da seguinte forma: o bico dos seios ficam endurecidos, é automático, os músculos se contraem principalmente o da vagina e útero, a vagina fica mais lubrificada e se contrai cada vez mais.... aííí vem ele.. O ORGASMO... Sua duração??? Não mais que segundos, mas dá pra saber que é ELE! Rsrsrs... Depois, ah! A vagina relaxa e acontece contrações involuntárias. Nosso corpo fica mole, mole RS, quase anestesiado, sem forças! Atingir o clímax é uma delícia, o orgasmo é marcante e nos faz perder o fôlego por alguns
segundos, mas não fantasie demais. Deste jeito, tudo fica mais difícil:
atingir o orgasmo será mais complicado e, se você tiver um, pode ficar
frustrada porque os sinos não tocaram...

Algumas “técnicas” para atingir o orgasmo:

Masturbação:
. Por muitas gerações,  a masturbação foi tratada pelos pais como assunto tabu, coisa feia, indiscrição, e outras bobagens. Na verdade, se masturbar é se
conhecer melhor! É através deste ato que você pode "mapear" os seus pontos
mais sensíveis e ter os primeiros orgasmos. Também é graças à masturbação
que, depois, você poderá indicar por gestos ou palavras quais as partes do
corpo que prefere que sejam acariciadas pela pessoa amada. Com o auxílio
de um
gel lubrificante (vendido aqui na PIMENTA BOUTIQUE DO PRAZER), toque, acaricie e pressione seus genitais. Feche os olhos e sinta a sensação que isto
proporciona.

Ausência de cobranças:
    Não adianta querer que tudo aconteça de uma vez. Na hora da transa,
tente focar sua atenção nas sensações que o toque provoca e não na
obrigação de chegar ao clímax.
Inimigos do Orgasmo.
    Quando estiver transando, não fique preocupada em gozar junto com a
pessoa amada. Apenas procure aproveitar cada segundo deste momento.
    A perda de interesse por situações que antes eram prazerosas atua de forma direta na falta de orgasmo.
    Ter vergonha do próprio corpo, ou seja, quem está numa fase em que
enxerga mais defeitos que qualidades, dificilmente estará com a cabeça
livre para deixar o orgasmo acontecer.   
    Dia e hora marcados para o sexo, repetição de posições, além de
começo, meio e fim pré-estabelecidos. A mesmice é
fatal ao tesão.
RESUMO:

    Não adianta: orgasmo não tem receita. Não tem como o médico
ginecologista prescrever algum remédio e você resolver este problema
depois de comprar o tal medicamento na farmácia da esquina... Que pena,
não? Não tem que ser alta, bonita e magra para ter orgasmos. Não precisa
ser uma louca por sexo. Não precisa trocar de namorado. Mas tem que se
conhecer. Saber tim-tim por tim-tim como funciona seu corpo e como ele
reage aos estímulos.   
   
 A plenitude orgástica é um misto de prazer físico e emocional, e
requer dedicação dos parceiros para ser alcançada.



Cada mulher tem a sua arma na hora da conquista. Ciente do poder de sedução, elas usam das mais diversas fantasias para liberar a criatividade nos relacionamentos. Uma delas é a dança do colo, também conhecida como lap dance. A principal intenção da dança é fazer com que o homem sinta prazer, tenha orgasmo, mas sem tocar na mulher. E depois ele proporcionar prazer para que ela também fique excitada e tenha orgasmos. Várias posições podem ser feitas, incluindo o sexo oral no homem",
Misto de sedução e dominação, a dança é uma forma de estimular os cinco sentidos, por isso é importante montar um ambiente romântico, com velas e pétalas de rosa. A mulher deve ficar semi-nua durante a prática, por isso indico uma lingerie sexy ou um vestido bem provocante, curtinho. A calcinha deve ter lacinhos para ser retirada facilmente na hora em que a mulher senta no homem, quando fica na posição de montaria.
Para a prática da dança, a personall ensina técnicas de expressão corporal, streep tease (só que ela fica semi-nua), além de postura no salto alto e ritmo. "A escolha da música é fundamental. Não pode ser muito rápida, nem lenta. Sugiro a Naughty Girl, da Beyoncé, porque ela tem momentos lentos e batidas mais rápidas". Mulheres acima de 30 anos, mais ousadas, são as que mais procuram o curso. "Também há muitas noivas que querem usar na lua-de-mel".



quarta-feira, 2 de março de 2011

COMPORTAMENTO MASCULINO

corselet onçinha  APENAS 53,90


O escritor Greg Behrendt explica o comportamento masculino, e diz que as mulheres não devem levar tão a sério as desilusões amorosas. Behrendt trabalhou como consultor do seriado Sex and the City,
Quando questionado sobre o segredo de seu sucesso Behrendt diz: “Muitas mulheres sentem-se chocadas (quando ele descreve o comportamento masculino), mas depois elas se sentem fortalecidas por conhecer a verdade”.
LEIAM ALGUNS TRECHOS DE SUA ENTREVISTA:

Veja – As mulheres sofrem mais que os homens ao levar um fora do parceiro?
Behrendt – Em linhas gerais, sim. Os homens costumam lidar com essa situação de forma mais tranquila porque, na maioria das vezes, não encaram o fim do namoro como a coisa mais relevante da vida naquele momento. As mulheres agem de maneira oposta. Elas pensam no rompimento 24 horas, falam sobre o assunto repetidas vezes com as amigas, analisam o caso sob vários aspectos: por que aconteceu, por que naufragou, se teria dado certo se ela tivesse agido de forma diferente. Enquanto a mulher fica tentando descobrir o que deu errado, o homem já está convidando outra garota para sair.

Veja – Qual é a melhor maneira de se recuperar após levar um fora?
Behrendt – Primeiro, não é recomendável encontrar o ex-parceiro nos primeiros dois meses após o fim da relação. É o melhor caminho para assimilar o que aconteceu de forma serena. Em segundo lugar, nunca, em hipótese alguma, se deve telefonar ao ex. É impressionante como algumas mulheres encontram qualquer pretexto para ligar logo após o fim do relacionamento. Uma parcela delas contesta esse meu conselho alegando: “Mas, Greg, ele me pediu para ligar”. Elas não entendem que os homens dizem isso apenas para diminuir a culpa que sentem por terminar a relação.

Veja – Quais as principais queixas das mulheres com relação aos homens?
Behrendt – Elas dizem não entender por que as palavras e as ações dos homens se contradizem, por que eles dizem uma coisa e fazem outra completamente diferente. Não telefonam quando dizem que vão telefonar ou as tratam como rainha durante um encontro e depois nunca mais voltam a procurá-las.

Veja – E por que os homens agem dessa maneira?
Behrendt – Os homens são mais simples do que as mulheres imaginam. Para eles, nos relacionamentos amorosos só existem duas possibilidades: ou estão interessados na mulher e investem em sua conquista e na manutenção do namoro ou simplesmente não estão a fim dela. Só que nunca têm coragem de admitir sua falta de interesse. O que os homens mais temem é ver uma mulher chorando ou fazendo escândalo na sua frente. É por isso que eles muitas vezes somem depois do primeiro encontro sem dar satisfação.

Veja – Qual a melhor forma de terminar um namoro?
Behrendt – Primeiro, deve-se terminar assim que se tem certeza de que a relação não funciona mais. Muita gente demora meses para criar coragem e romper o relacionamento. Isso é um desperdício do próprio tempo e também do tempo do companheiro. É uma atitude egoísta. Já contaminar a relação até forçar o outro a rompê-la é uma crueldade. Além disso, é preciso tomar cuidado com as palavras. Se a pessoa que está rompendo a relação diz “Vamos manter contato”, ou procura o ex-parceiro para saber se ele está bem e, dessa forma, aliviar a própria consciência, a outra pessoa pode entender que existe alguma possibilidade de reatar o relacionamento no futuro. Por fim, não se deve aproveitar o rompimento para lavar a roupa suja, enumerando tudo o que deu errado no namoro. Deve-se permitir que o ex-parceiro mantenha sua dignidade.

Veja – Qual é o maior erro que as mulheres cometem ao tentar conquistar um homem?
Behrendt – Hoje, o grande problema é que elas ficaram disponíveis demais. Está muito fácil levar uma mulher para a cama, não existe mais o desafio da conquista. E, se fica muito fácil, perde a graça.

Veja – Por esse raciocínio, se a mulher vai para a cama com o homem logo no primeiro encontro, ele não vai querer nada sério com ela?
Behrendt – Claro que existem exceções, mas, nessa situação, a tendência é o parceiro perder o interesse por ela após um ou dois encontros. O que instiga o homem é o mistério, o poder de sedução que uma mulher exerce sobre ele. Os homens gostam de batalhar pelo que desejam, sentir o prazer da vitória por ter conquistado o que tanto queriam. Se a mulher concorda com o sexo logo no primeiro encontro, o homem vai pensar: “Bem, e aí? O que vem agora?” A sedução é crucial no jogo da conquista, e as mulheres estão se esquecendo disso.

Veja – Por que tantas mulheres inteligentes e bem-sucedidas se envolvem com os homens errados?
Behrendt – As mulheres tendem a enxergar o parceiro da forma como gostariam que ele fosse, e não como ele é de fato. Elas ainda são criadas para acreditar no príncipe encantado. Assim que conhecem um rapaz, muitas garotas tendem a achar que ele seria o marido perfeito e um pai excelente para seus filhos. Concentram-se apenas em suas qualidades – e algumas dessas qualidades existem somente na cabeça delas – e se esquecem de analisar os defeitos. Com o passar do tempo, começam a perceber que o rapaz não é exatamente como elas acreditavam que fosse, decepcionam-se, e aí começam os problemas.

Veja – Homens e mulheres têm expectativas diferentes com relação ao namoro?
Behrendt – Não acredito nisso. Os homens querem a mesma coisa que as mulheres. Eles também buscam uma parceira ideal e muitos querem se casar e ter filhos. A diferença é a ordem de prioridades nas necessidades de cada um. A maioria dos homens não gosta de conversar o tempo todo, mas adora fazer sexo a qualquer hora. Isso não significa que ele esteja desinteressado pela mulher. É apenas uma característica masculina. Muitas mulheres não entendem isso e entram em conflito com eles.

Entrevista de: Rosa Zakabi