quarta-feira, 2 de março de 2011

COMPORTAMENTO MASCULINO

corselet onçinha  APENAS 53,90


O escritor Greg Behrendt explica o comportamento masculino, e diz que as mulheres não devem levar tão a sério as desilusões amorosas. Behrendt trabalhou como consultor do seriado Sex and the City,
Quando questionado sobre o segredo de seu sucesso Behrendt diz: “Muitas mulheres sentem-se chocadas (quando ele descreve o comportamento masculino), mas depois elas se sentem fortalecidas por conhecer a verdade”.
LEIAM ALGUNS TRECHOS DE SUA ENTREVISTA:

Veja – As mulheres sofrem mais que os homens ao levar um fora do parceiro?
Behrendt – Em linhas gerais, sim. Os homens costumam lidar com essa situação de forma mais tranquila porque, na maioria das vezes, não encaram o fim do namoro como a coisa mais relevante da vida naquele momento. As mulheres agem de maneira oposta. Elas pensam no rompimento 24 horas, falam sobre o assunto repetidas vezes com as amigas, analisam o caso sob vários aspectos: por que aconteceu, por que naufragou, se teria dado certo se ela tivesse agido de forma diferente. Enquanto a mulher fica tentando descobrir o que deu errado, o homem já está convidando outra garota para sair.

Veja – Qual é a melhor maneira de se recuperar após levar um fora?
Behrendt – Primeiro, não é recomendável encontrar o ex-parceiro nos primeiros dois meses após o fim da relação. É o melhor caminho para assimilar o que aconteceu de forma serena. Em segundo lugar, nunca, em hipótese alguma, se deve telefonar ao ex. É impressionante como algumas mulheres encontram qualquer pretexto para ligar logo após o fim do relacionamento. Uma parcela delas contesta esse meu conselho alegando: “Mas, Greg, ele me pediu para ligar”. Elas não entendem que os homens dizem isso apenas para diminuir a culpa que sentem por terminar a relação.

Veja – Quais as principais queixas das mulheres com relação aos homens?
Behrendt – Elas dizem não entender por que as palavras e as ações dos homens se contradizem, por que eles dizem uma coisa e fazem outra completamente diferente. Não telefonam quando dizem que vão telefonar ou as tratam como rainha durante um encontro e depois nunca mais voltam a procurá-las.

Veja – E por que os homens agem dessa maneira?
Behrendt – Os homens são mais simples do que as mulheres imaginam. Para eles, nos relacionamentos amorosos só existem duas possibilidades: ou estão interessados na mulher e investem em sua conquista e na manutenção do namoro ou simplesmente não estão a fim dela. Só que nunca têm coragem de admitir sua falta de interesse. O que os homens mais temem é ver uma mulher chorando ou fazendo escândalo na sua frente. É por isso que eles muitas vezes somem depois do primeiro encontro sem dar satisfação.

Veja – Qual a melhor forma de terminar um namoro?
Behrendt – Primeiro, deve-se terminar assim que se tem certeza de que a relação não funciona mais. Muita gente demora meses para criar coragem e romper o relacionamento. Isso é um desperdício do próprio tempo e também do tempo do companheiro. É uma atitude egoísta. Já contaminar a relação até forçar o outro a rompê-la é uma crueldade. Além disso, é preciso tomar cuidado com as palavras. Se a pessoa que está rompendo a relação diz “Vamos manter contato”, ou procura o ex-parceiro para saber se ele está bem e, dessa forma, aliviar a própria consciência, a outra pessoa pode entender que existe alguma possibilidade de reatar o relacionamento no futuro. Por fim, não se deve aproveitar o rompimento para lavar a roupa suja, enumerando tudo o que deu errado no namoro. Deve-se permitir que o ex-parceiro mantenha sua dignidade.

Veja – Qual é o maior erro que as mulheres cometem ao tentar conquistar um homem?
Behrendt – Hoje, o grande problema é que elas ficaram disponíveis demais. Está muito fácil levar uma mulher para a cama, não existe mais o desafio da conquista. E, se fica muito fácil, perde a graça.

Veja – Por esse raciocínio, se a mulher vai para a cama com o homem logo no primeiro encontro, ele não vai querer nada sério com ela?
Behrendt – Claro que existem exceções, mas, nessa situação, a tendência é o parceiro perder o interesse por ela após um ou dois encontros. O que instiga o homem é o mistério, o poder de sedução que uma mulher exerce sobre ele. Os homens gostam de batalhar pelo que desejam, sentir o prazer da vitória por ter conquistado o que tanto queriam. Se a mulher concorda com o sexo logo no primeiro encontro, o homem vai pensar: “Bem, e aí? O que vem agora?” A sedução é crucial no jogo da conquista, e as mulheres estão se esquecendo disso.

Veja – Por que tantas mulheres inteligentes e bem-sucedidas se envolvem com os homens errados?
Behrendt – As mulheres tendem a enxergar o parceiro da forma como gostariam que ele fosse, e não como ele é de fato. Elas ainda são criadas para acreditar no príncipe encantado. Assim que conhecem um rapaz, muitas garotas tendem a achar que ele seria o marido perfeito e um pai excelente para seus filhos. Concentram-se apenas em suas qualidades – e algumas dessas qualidades existem somente na cabeça delas – e se esquecem de analisar os defeitos. Com o passar do tempo, começam a perceber que o rapaz não é exatamente como elas acreditavam que fosse, decepcionam-se, e aí começam os problemas.

Veja – Homens e mulheres têm expectativas diferentes com relação ao namoro?
Behrendt – Não acredito nisso. Os homens querem a mesma coisa que as mulheres. Eles também buscam uma parceira ideal e muitos querem se casar e ter filhos. A diferença é a ordem de prioridades nas necessidades de cada um. A maioria dos homens não gosta de conversar o tempo todo, mas adora fazer sexo a qualquer hora. Isso não significa que ele esteja desinteressado pela mulher. É apenas uma característica masculina. Muitas mulheres não entendem isso e entram em conflito com eles.

Entrevista de: Rosa Zakabi

Nenhum comentário:

Postar um comentário